Pelo direito de ter o corpo que eu QUISER!

Pelo direito de ter o corpo que eu QUISER!

Oi, amorecas! Tô escrevendo essa postagem por DOIS MOTIVOS: Primeiro, tô cansada de ser simpática com gente que tenta me convencer de mudar “meu estilo de vida”. Dois, eu tenho o direito de ter o corpo que eu quiser!

Alguns acontecimentos recentes fizeram com que eu escrevesse esse texto. Em uma única semana, três pessoas enfatizaram o fato do meu corpo incomodá-las, e isso me causou um desconforto.

Não pelo meu corpo, nem pela relação que eu tenho com ele. Mas sim por perceber como cada vez mais as pessoas estão julgando e cuspindo “verdades” sem levar em consideração o que as pessoas sentem a respeito daquilo.

Vou explicar pra vocês o que houve.

Primeira situação – A filha de uma professora questionou porque eu não faço uma cirurgia plástica para retirar o excesso de pele na barriga, pois segundo ela eu ficaria “linda com a barriga chapada!”

Segunda situação – Um vizinho, que quase não fala comigo, veio me contar que está malhando numa academia nova que inaugurou no shopping, e que pra quem está “assim como nós” é ótimo.

Nessas duas situações eu fiquei bem puta e respondi.

NÃO TENHO VONTADE DE OPERAR NADA. 
GOSTO DO MEU CORPO DO JEITO QUE ELE É.
NÃO PRECISO DE ACADEMIA PRA CONSERTAR NADA, PORQUE EU NÃO TENHO DEFEITO. 

Eu sou uma mulher gorda, apenas!!!! Eu tenho coxas grossas e celulite. Eu tenho braços gordos. Eu tenho barriga. E SE UM DIA EU QUISER MUDAR QUALQUER COISA NO MEU CORPO, eu não preciso dar satisfação a ninguém, muito menos pedir aprovação.

E é isso que me dá gastura, sabe? Essa coisa das pessoas acharem que precisam DAR OPINIÃO SOBRE O NOSSO CORPO, como se a gente não  soubesse como é o nosso corpo.
As pessoas querem LIMITAR O NOSSO CORPO, simplesmente porque ele é maior, diferente, e não é fitness.

Digo de antemão que NÃO TEM PROBLEMA TER UM CORPO FITNESS, desde que você não encha o meu saco, dizendo que eu sou UMA DERROTADA por não querer ser igual a você!!!!

A terceira situação que aconteceu comigo foi chegando em um bar próximo ao prédio do meu namorado. Eu estava com uma calça de cós alto, de tecido, e marcava um pouco a barriga.

AGORA EU PERGUNTO: O QUE TEM DEMAIS EM USAR UMA ROUPA QUE MARCA A BARRIGA, MUNDO???? 

NADA

N – A – D – A 

Pois é, mas a moça que estava almoçando nesse bar achou que era um crime, apontou minha barriga para o namorado, fez cara de desaprovação misturada com nojinho… Minha vontade foi de virar a cara dela do avesso, porque não sou de ferro, mas a única coisa que eu falei foi “MOÇA, VOCÊ É MUITO MAL EDUCADA!!!”

Ela não teve reação. E eu senti alívio…

Nas três situações eu respondi, nas duas primeiras eu fui bem grosseira, mas tem dia que a gente evita uma briga, tem dias que a cabeça tá pesada, a alma não quer discutir, e a única coisa que você quer é ser livre.

Por que a gente não pode escolher quem a gente gostaria de ser sem precisar do julgamento dos outros????

Eu quero ser LIVRE pra ter o corpo que eu QUISER!

 

(Vou deixar algumas fotos bem libertadores, com corpos bem libertos, pra vocês se inspirarem!!!)

 

DSC01076 o corpo que eu QUISER

TESS HOLLIDAY o corpo que eu QUISER

o corpo que eu QUISER Projeto Empoderarte-me - Mariana Godoy

o corpo que eu QUISER Garner Style
o corpo que eu QUISER Marcela-3959

 

Siga-nos nas Redes Sociais

 

INSTAGRAM
TWITTER
FACEBOOK
YOUTUBE
SNAPCHAT: grandestima

Comente com Facebook:


Related Articles

O início da nossa caminhada!

Oi, pessoas, tudo bem?!!??! Essa é a primeira postagem do GRANDESTIMA  e confesso que fiquei desorientada sobre o que escrever,

NÃO É PORQUE EU SOU GORDA QUE…

Oi, gente! Boa tardeeeeeeeeeeee! Alguém já viu aquele vídeo “Não é porque eu sou gay que…” e o “Não é

Como o Julgamento afeta nossa vida

Oiiiiiiiiii, gente maravilhosa! Tá todo mundo bem? Tá muito calor aí? AQUI NO RIO TÁ DAQUELE JEITO! Abraçando o sol

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*